Sugestão de leitura: Cem Maneiras de Melhorar a Escrita

14-09-2018

No artigo anterior, dei algumas dicas para escrever a sua biografia de apresentação profissional. Hoje, em jeito de incremento, recomendo este livro de Gary Provost, Cem Maneiras de Melhorar a Escrita, para o ajudar a escrever ainda melhor.  

Embora este livro tenha sido publicado, pela primeira vez, em 1985, mantém-se bastante atual. A sua tradução é adaptada aos "novos desafios" da língua portuguesa e pode ser um livro de consulta para quem gosta de escrever. São cem conselhos para escrever bem, organizados em onze capítulos. O autor diz-nos como ultrapassar o bloqueio da escrita, como melhorar o seu estilo, como evitar erros gramaticais e até como evitar que o leitor o odeie. Mas estes são só alguns dos capítulos que poderá encontrar neste "manual" para escrever melhor.

Este livro ensina a escrever melhores cartas de amor, histórias, artigos de revista, cartas ao editor, propostas de negócio, sermões, poemas, romances, pedidos de liberdade condicional, boletins da paróquia, canções, memorandos, ensaios, trabalhos escolares, teses, grafitis, ameaças de morte, anúncios e listas de compras.  

Tendo o tradutor deste livro, Marco Neves, recomendado a leitura da Nova Gramática do Português Contemporâneo, de Celso Cunha e Lindley Cintra, partilho mais esta sugestão de leitura.



Ninguém nasce a saber ler e escrever. Para se fazer bem feito é preciso treino e empenho.  Bom trabalho e boas leituras. 

Cristina Pinto