Sair da zona de conforto ou da zona de desconforto?

23-12-2021

Sair da zona de conforto é não ter medo e desafiar as suas capacidades para alcançar novos objetivos. Pode ser doloroso e difícil, mas é provável que conquiste desejos e aspirações. Será?

Em muitas situações na vida é mesmo necessário sair da zona de conforto, mas já alguma vez pensou em sair da zona de desconforto? Sim, zona de desconforto. Talvez já se tenha sentido desconfortável numa empresa, numa relação ou num ambiente e sem coragem para sair. 

Do mesmo modo que é doloroso sair da zona de conforto, também pode doer quando decidir sair da zona de desconforto. Ou talvez não! Quando a perspectiva de outros caminhos a seguir não existirem, o desconforto pode ser confortável por medo, por falta de coragem ou pela incerteza no futuro. 

O desconforto é um indicador. Um sinal que aponta um caminho a seguir. O caminho da mudança. As grandes mudanças podem nascer de grandes desconfortos. 

Quando estiver desconfortável no emprego que tem, mude

Quando a companhia não for a melhor, diga adeus. 

Quando fizer alguma coisa que o deixa desconfortável, pare e pergunte-se porque o faz. É para atingir algum objetivo? É para se superar? 

Se não for, liberte-se dessa sensação desconfortável, mesmo que tenha de se aventurar para outras zonas desconfortáveis. É assim mesmo, porque o desconhecido pode assustar. Só valerá a pena manter-se desconfortável se houver um motivo, um objetivo.

O ser humano procura o conforto, a estabilidade. O desconforto, se tiver mesmo de ser, deve ser passageiro. Um ápice, de preferência. Quem é que gosta de estar muito tempo numa zona de desconforto?  

Para quê continuar numa zona de desconforto se pode escolher o conforto?

Até breve,
Cristina


Se leva a procura de emprego a sério e quer obter resultados quando se candidata, evite estes 6 erros no envio de uma candidatura. Seja por falta de foco, desconhecimento, exibicionismo ou por distração, estes erros acontecem.

Ainda existe alguma confusão quando alguém se quer referir a uma sucessão de acontecimentos que se repetem vezes sem conta. Uns dizem «ciclo vicioso». Outros «círculo vicioso». Qual será a forma correta?