Plante um lápis e colha...ervas aromáticas

28-09-2018

Se quem semeia ventos colhe tempestades, quem planta um lápis colhe o que quiser. Imagine que um lápis de carvão chega ao fim e em vez de o colocar no lixo, coloca-o num vaso. Depois, é só regar e brotará uma erva aromática, um legume ou uma planta.

Por muito digital que seja o momento que estejamos a viver, não abdico de escrever à mão, de preferência a lápis! Adoro a sua textura, o deslizar no papel, o tipo de letra que consigo e poder apagar sempre que me apetece.

Esta semana encontrei uns "lápis verdes". São feitos em papel de jornal 100% reciclado e, quando estiverem curtinhos para escrever, podem ser plantados! Sim, o lápis pode ser plantado e depois pode comer o da terra brotar. 

A ideia é muito simples. No lugar da borrachinha que alguns lápis têm na ponta, estes têm uma cápsula (acho que lhe posso chamar assim) com sementes no seu interior. A ponta do lápis é colocada na terra virada para baixo e na diagonal. Depois de o regar, o lápis é removido ao fim de 3 a 4 dias quando a cápsula se desprende pelo efeito da água, que liberta as sementes. E, ao fim de pouco tempo surgirão os primeiros rebentos.

O pequeno lápis que é retirado da terra, além de não ter o aro metálico com a borracha (que raramente se usa até ao fim), continua a ser um lápis ecológico porque apenas sobra papel de jornal e carvão.

O meu pack, com cinco lápis, traz sementes de cenoura, coentros, espinafres, mostarda e feno-grego (é utilizado como especiaria e planta medicinal). Penso que vai demorar mais tempo a gastar o lápis do que as sementes irão demorar a germinar!

Onde comprar estes lápis?

Danke: Aqui pode personalizar os lápis com a marca da sua empresa e utilizá-los como brindes publicitários. Quer um brinde mais sustentável do que este?

Planetiers: Têm lápis com sementes de manjericão, calêndula, salsa, amor-perfeito, hortelã, camomila, coentros, girassol e tomate cereja.

Ainda existe a necessidade de repensarmos o que adquirimos e o que deitamos fora. Esta ideia consegue ser sustentável, inovadora, simples e cria uma consciencialização do desperdício. 

Ainda estou indecisa no lápis que vou gastar primeiro. Coentros ou espinafre?

Cristina Pinto


Já teve dúvidas em saber se escreve «à muito tempo» ou «há muito tempo»? Já viu escrito das duas maneiras e ficou ainda com mais dúvidas? Ou sabe como se escreve e quando tenta explicar duvidam si?

Já sabe o que é a procrastinação, já sabe o quanto isso prejudica o seu desempenho pessoal e profissional, já sabe que tem que fazer alguma coisa, mas continua a ser um procrastinador?

A taxa de desemprego aumentou no segundo trimestre e o mercado não terá capacidade de acolher tantas pessoas disponíveis para trabalhar nos próximos meses. A procura de uma solução poderá passar por criar o seu posto de trabalho a partir de casa.