Planear os gastos com o Natal

01-11-2019

Faltam menos de dois meses para o natal e uma das causas para o excessivo gasto com os presentes é a falta de planeamento e deixar ficar tudo para os últimos momentos.

Se celebra o Natal e gosta de presentear alguns familiares e amigos, ainda está muito a tempo de se organizar e planear os seus gastos de forma racional e decidir o que é que vai oferecer e a quem.

O que vou escrever parece óbvio, e é, mas acredito que a maioria das pessoas não se organiza de forma a controlar os seus gastos e o tempo que tem disponível. É até bastante comum pensar num valor limite, mas que depois é ultrapassado com alguma facilidade. Seja porque não conseguimos resistir a um presente que estava acima do nosso orçamento ou porque, à última hora, decidimos incluir o vizinho que presenteou os nossos filhos com umas pantufas no Natal passado.

Antes de pensar a quem é que vai comprar um presente, defina um valor limite para gastar. Tendo esse limite definido, poderá agora selecionar as pessoas que vai presentear. 

Seja firme na sua seleção. Se tiver de incluir colegas de trabalho, clientes, colaboradores, fornecedores e vizinhos, incluía, mas faça-o agora! Se o fizer depois, muito provavelmente, vai desequilibrar as suas contas. 

Agora, o desafio é encontrar um presente, dentro do valor que definiu previamente, para cada um. Nesta altura do ano, ainda tem tempo para procurar sugestões, comparar preços, mandar imprimir fotografias, encomendar produtos online, mas que podem demorar mais tempo a chegar ou encomendar produtos personalizados e que podem demorar alguns dias até estarem prontos.

Escrever uma lista de presentes de Natal não tem grande ciência, mas posso dar uma ajuda. Preparei um ficheiro para controlar os meus gastos no Natal e decidi partilhá-la com o leitor. 

Basta alterar o valor que inseri, como exemplo, e preencher a tabela. O valor gasto é automaticamente descontado do valor disponível, para que consiga ter um maior controlo do seu orçamento.

Peça o ficheiro editável e planeie as suas compras neste Natal. Com esta folha de cálculo defina o valor total que pretende gastar, selecione as pessoas que vai presentear e o valor atribuído a cada uma delas. Registe ideias de presentes, inclua nas observações gostos e desejos particulares e possíveis locais para a compra. 

Este controlo serve para gerir de uma forma eficiente o seu dinheiro, mas também para saber quando gasta em presentes de Natal. No próximo ano, poderá corrigir erros e melhorar as suas ofertas, se as comprar com maior antecedência. 

Uma boa dica é registar ao longo do ano os gostos e desejos que os seus familiares e amigos vão desabafando. Por vezes, são coisas muito simples que podem deixar o seu presenteado muito surpreendido e feliz, e talvez o ouça dizer: "Era mesmo isto que eu queria."

Boas compras!

Cristina Pinto