Os 3 Mitos da Organização

22-01-2021

A Susana é massagista e é uma excelente profissional. Normalmente atende as suas clientes a horas e não deixa faltar material para o seu trabalho, mas nem sempre foi assim. Durante muito tempo acreditou que, por ser desorganizada, não conseguiria ter uma vida mais tranquila e sem os sobressaltos da desorganização. Quando percebeu que perdia mais tempo a tentar resolver os problemas por ser desorganizada do que a planear a sua vida, tomou a decisão de mudar. Ainda está num processo de aprendizagem, mas a sua vida tornou-se mais fluída e aprendeu que qualquer pessoa pode fazê-lo também.

Se acredita que a organização só serve para perder tempo, que uma pessoa desorganizada nunca poderá mudar ou que as pessoas organizadas são sempre organizadas, engana-se. A crença nestes mitos só servem para que nunca tome a decisão de mudar a maneira como gere o seu dia a dia.

Organizar é perder tempo

Pode escolher perder tempo à procura de alguma coisa ou usar o seu tempo de forma planeada para se organizar. Se conseguir organizar as suas coisas com eficiência não tem de estar constantemente a organizar a mesma coisa. Basta manter. Por vezes, será necessário reorganizar porque adquiriu novos objetos ou o seu estilo de vida mudou e há coisas que não faz mais sentido guardar ou manter no mesmo local.  

Encontre os motivos para se organizar. Por exemplo, se fizer uma lista de compras é  mais provável que não se esqueça de nenhum produto e não gastará dinheiro desnecessário com coisas de que não precisa; se registar os compromisso na agenda não fica com aquela sensação de que se esqueceu de alguma coisa; se guardar um documento importante no lugar certo vai encontrá-lo com facilidade quando precisar dele.

Eu sou desorganizado por natureza

As pessoas desorganizadas podem aprender a ser organizadas. Com método e determinação é possível deixar de ser uma pessoa desorganizada. Aprenda um método de cada vez e que este faça sentido ao seu estilo de vida. Com o tempo, cada método tornar-se-á um hábito

Comece por fazer listas. As listas ajudam a libertar a mente de preocupações e a cumprir tarefas. Experimente organizar coisas pequenas como uma gaveta, uma prateleira ou a sua carteira. Termina cada tarefa antes de dar início a outra e sem perfeccionismos. Se continuar com dificuldades, peça ajuda a uma pessoa organizada. As pessoas muito organizadas adoram ajudar.

As pessoas organizadas são sempre organizadas

É um grande engano pensar que as pessoas que são organizadas têm tudo sempre muito organizado. Apesar de serem pessoas que conseguem ter a organização sob controlo, às vezes não têm, mas sabem como fazer para ter tudo organizado novamente. 

Não receie não ser tão organizado como as pessoas extremamente organizadas. Não se compare. Cada pessoa tem o seu ritmo, o seu grau de organização e modo de vida. É natural que uma pessoa que tenha mais tempo disponível, consiga organizar com mais detalhe. E outra pessoa que, apesar de organizada, não tenha tanto tempo livre, crie atalhos, mas mantem a organização. Além disso, ninguém é tão organizado que consiga ter todas as áreas da vida organizada. Por vezes, quando não conseguem, delegam.

Para começar a ter uma vida mais organizada, posso dar uma ajuda com o e-book "Teorias da Organização". Basta pedir, é gratuito. 

Até breve,

Cristina


O medo pode funcionar como uma proteção para a nossa sobrevivência, mas se nos condicionar e impedir de fazer coisas que queremos, não evoluímos e também pode colocar em causa o nosso progresso profissional.

Quando precisamos de escrever uma sigla ou um acrónimo, num texto ou num currículo, temos de seguir algumas regras. Se o PIB (Produto Interno Bruto) é um acrónimo, por que razão PME (Pequenas e Médias Empresas) é uma sigla?