O poder da escolha

22-02-2019

Poder escolher é um ato de liberdade. Quando escolhemos, optamos por uma situação e abdicamos de outra. A escolha é um grande decisor na nossa vida, mas muitas pessoas deixam na mão do acaso ou de outras pessoas decisões importantes. 

Cada ação que tomamos implica uma escolha, mesmo que a escolha seja não escolher. Quando decidimos não escolher, temos  um resultado que não foi decidido por nós. Maltratamos a nossa vontade e silenciamos a nossa voz interior. A consequência pode ser uma vida frustrante e cheia de conformismo. Se quer ter o controlo da sua vida, escolha!

Pessoas

Não agradamos a todas as pessoas e nem todas gostam de nós. Temos mais afinidades com algumas do que com outras e, são com essas pessoas, que devemos estar! Evite pessoas que não se identifica, que não partilham os mesmos valores, ideias e objetivos. Não vai encontrar pessoas iguais a si, mas vai encontrar umas mais iguais do que outras. Somos mais de sete biliões no planeta, tem muito por onde escolher.

Ambientes

O ambiente é dinâmico e implica a relação entre indivíduos. Quando escolhe o tipo de ambiente, já está a selecionar algumas pessoas. Recuse ambientes de tensão, de conflito e que não espelham a sua personalidade.

Profissão

A maioria julga que trabalhar por prazer é só para alguns. Nada mais errado! Todas as pessoas podem ter uma profissão que amam. Se pensar apenas no status ou no rendimento que uma atividade profissional lhe pode proporcionar, é provável que não se sinta realizado. Se conseguir aliar estes dois fatores ao que gosta de fazer, perfeito. Para escolher a sua vocação é preciso um exercício de autoconhecimento. Muitas pessoas até sabem o que as faria felizes, mas têm medo, e não escolhem!

Informação

Neste momento, estão a nascer e a morrer pessoas. Umas estão a celebrar vitórias, outras a enterrar derrotas. Nunca, como agora, tivemos tanta informação. Será que precisamos de a processar toda? Isso não é possível! Por que não escolher a nata da informação? É preciso filtrar o que queremos que chegue até nós. 

Serei insensível quando me recuso a ver notícias dramáticas? Não. Eu não posso fazer nada para mudar determinadas realidades, mas posso escolher a minha. O meu lamento não vai resolver o problema. E isso, não significa que eu seja indiferente. Se eu lamentasse todos os dramas do planeta, jamais seria feliz. 

Escolha  o que quer ver e ouvir. O poder é seu.

Alimentação

Se a sua voz interior lhe diz que deveria seguir uma alimentação vegetariana ou tem vontade de experimentar a dieta do paleolítico, experimente! Fale com pessoas que seguem este estilo de alimentação e peça aconselhamento a um profissional.

Pensamento

A atividade de pensar é livre. O pensamento guia as nossas ações. Será que podemos pensar em escolher pensamentos? Sim, o pensamento é seu. Como disse Herni Ford "Se pensar que pode ou que não pode, você estará sempre certo." Então, o que prefere pensar? 

Vida

As grandes decisões estão, muitas vezes, nas pequenas decisões. Dizer sim quando quer dizer não e deixar de escolher com receio do que os outros vão pensar, podem ser opções muito caras para a nossa vida.  Lembra-se quando era criança? As vezes que pedia firmemente o que queria? É essa certeza que lhe vai mostrar qual o caminho a seguir. Se não tiver dúvidas nenhumas, siga em frente, porque a sua escolha está feita.

Escolher não significa discriminar. A escolha decorre de uma vontade, de preferências e das idiossincrasias de cada pessoa. A liberdade de escolher deve ser tão livre quanto é o pensamento.

Boas escolhas!

Cristina Pinto