O Medo: Um Obstáculo Que não o Deixa Evoluir

05-05-2021

O medo pode funcionar como uma proteção para a nossa sobrevivência, mas se nos condicionar e impedir de fazer coisas que queremos, não evoluímos e também pode colocar em causa o nosso progresso profissional.

Imagine que tem uma ideia brilhante e que, por medo, decide não fazer nada. Mais tarde, alguém teve uma ideia semelhante à sua, fez alguma coisa e teve sucesso. Como se sente?

Sabia que o meu projeto teve para começar há 9 anos? Sabia que foi o medo que me impediu? Sim, apenas o medo me impediu de avançar. Tinha tudo preparado: ideia de negócio, site pronto, candidatos para colaborar comigo, vontade, muita vontade, mas muito medo também.

Medo de não fazer bem, medo de não ter clientes, medo de não dar certo, enfim, MEDO! E o que eu ganhei com este medo todo? Uma grande aprendizagem. Aprendi que o medo é uma prova, um obstáculo para superar. Então, não pedi licença ao medo e, em 2018, avancei com medo e tudo.

Mais tarde, descobri que, afinal, eu tinha medo que desse certo. Se desse certo, eu teria de enfrentar mais coisas além do medo. O desconhecido. E o desconhecido deixa-nos mais alerta, mas desconfiados, menos tranquilos porque não sabemos o que vem aí. Mas esta sensação de enfrentar o desconhecido pode ser boa. É uma aprendizagem constante e a consequência é o crescimento e a evolução profissional.

Quantos projetos adiou por causa do medo? Se estiver à espera que o medo passe, nunca vai começar nada. Primeiro porque vai ter sempre algum medo, afinal não tem certezas de nada. E depois, porque existem inúmeras variáveis que não controla. Essa instabilidade de acontecimentos vai influenciar o seu projeto para o bem e para o mal.

Prepare-se o melhor que puder, mas esteja fléxil para as mudanças e conte apenas com uma certeza: A única coisa previsível no empreendedorismo é não ser previsível.

Quando se avança com medo e não corre como o previsto, aprendemos e até nos podemos arrepender, mas haverá coisa pior do que o arrependimento do que não se fez e que se desejava muito? 

Até breve,

Cristina 


Se leva a procura de emprego a sério e quer obter resultados quando se candidata, evite estes 6 erros no envio de uma candidatura. Seja por falta de foco, desconhecimento, exibicionismo ou por distração, estes erros acontecem.

Ainda existe alguma confusão quando alguém se quer referir a uma sucessão de acontecimentos que se repetem vezes sem conta. Uns dizem «ciclo vicioso». Outros «círculo vicioso». Qual será a forma correta?