Especialista versus generalista

08-06-2018

Durante muito tempo questionava a minha vontade de mudar de emprego e de aprender novas áreas e via a maioria das pessoas a ficaram anos na mesma empresa e a desempenharem as mesmas funções durante a vida toda. Hoje, não me questiono mais e sinto-me feliz por ser uma generalista.

Longe vai o tempo em que se tinha o mesmo emprego a vida toda mas a realidade atual é bem diferente e a maioria das pessoas já teve várias experiências de trabalho ao longo da vida. Seja por necessidade ou por vocação, arrisca-se mais a mudar de carreira. As pessoas deixaram de ser uma determinada profissão e passaram a ter várias ocupações. Se uns podem ser considerados especialistas numa determinada área, outros são generalistas pela sua capacidade de perceberem um pouco de tudo mesmo quando assumem só uma profissão.

O que é um especialista?

Um especialista é um profissional que se dedica a uma profissão. Ser um especialista pode ser uma vantagem no mercado de emprego se houver pouca oferta e muita procura numa determinada área. Mas dominar uma área específica pode significar estar compartimentado e não ser capaz de responder a novos desafios? Não necessariamente, certamente vai depender da capacidade de adaptação de cada um e da vontade de aprender outras áreas diferentes. 

O que é um generalista?

Mesmo um profissional focado numa determinada profissão poderá manifestar interesse em áreas diferentes da sua. São considerados profissionais curiosos, polivalentes e com uma visão holística da organização.

Por outro lado existem pessoas que buscam a constante superação de desafios e tendem a mudar de emprego ou profissão quando sentem que pouco mais podem crescer. Por vezes, basta que se manifeste o interesse por outra área e a vontade de saber mais leva generalistas a investirem o seu tempo em áreas adjacentes à sua ou completamente opostas.

Qual a vantagem em contratar um especialista ou generalista?

Quando uma empresa contrata um especialista aposta na qualidade mas quando recruta um generalista, não tem de abdicar dessa qualidade,  e tem um colaborador polivalente que poderá fazer face a necessidades temporárias de recrutamento.

E quais as vantagens para um especialista versus generalista?

O especialista poderá ser valorizado enquanto a sua profissão for necessária mas se for extinta terá mais dificuldade em ser contratado com as mesmas funções. Já o generalista terá maior capacidade de adaptação e de aproveitar novas oportunidades. 

Seja qual for o modo como queira investir na sua carreira, numa área ou em várias, invista em formação e desenvolva as suas competências. Todas as aprendizagens, ainda que diferentes, podem contribuir para um desempenho multifuncional. Se for um generalista, torne-se um generalista competente nas diferentes áreas. Se for um especialista esteja aberto a novas oportunidades de outras áreas que possam surgir, pois o mercado é muito competitivo e mutável.

Cristina Pinto