Como organizar a informação no currículo

14-07-2022

As maiores dúvidas no momento de redigir um currículo são a organização da informação e o que colocar. Para saber o que escrever, sugiro organizar a informação em cinco grupos: dados pessoais, formação académica, experiência profissional, competências e outras informações.

Dados pessoais

Nos dados pessoais coloque o seu nome e apelido, data de nascimento, contacto de telefone, endereço de e-mail e localidade da residência. Não precisa de colocar o endereço completo, basta a localidade. Essa informação só será importante no momento da contratação.

Formação académica

Na formação académica coloque as suas habilitações e todas as formações que tenham interesse para a vaga como a entidade formadora e o local, data de início e fim ou ano de conclusão, número de horas (para cursos e formações complementares).

Experiência profissional

Na experiência profissional refira todas as experiências que tenham interesse para a vaga, a entidade empregadora e a localização, a data de entrada e de saída, o cargo ocupado e funções desempenhadas.  

Competências

Se mencionar competências pessoais, pode referir a criatividade, a organização, o espírito de equipa, se for o caso. Nas competências técnicas, o domínio de uma língua estrangeira ou conhecimentos informáticos, por exemplo. Sugiro a leitura do artigo competências comportamentais vs competências técnicas

Outras informações

Coloque no campo de outras informações, toda a informação que não puder colocar nas anteriores como voluntariado, estágios, workshops, conferências, publicações e outras informações consideradas relevantes para a vaga. 

Organizar o currículo desta forma ajuda a uma leitura limpa e rápida do recrutador. Escreva frases simples e curtas. Apele à sua capacidade de síntese e deixe os detalhes para o momento da entrevista.

Até breve,

Cristina


As maiores dúvidas no momento de redigir um currículo são a organização da informação e o que colocar. Para saber o que escrever, sugiro organizar a informação em cinco grupos: dados pessoais, formação académica, experiência profissional, competências e outras informações.

Há algum tempo disseram-me que um objeto criativo só terá valor se estiver exposto, se for visível aos olhos dos outros. Escondido, não é nada. Não existe. Não tem nenhum valor. Quando o resultado de uma arte está visível a outros olhares, agradará ou não aos outros. Mostrar ao mundo o que faz, é um risco que corre. Fica sujeito à critica....

Muitas pessoas conseguem chegar à entrevista, mas têm dificuldade nessa fase do recrutamento. Seja porque não se sentem confiantes, porque ficam ansiosas ou porque não fizeram o trabalho de casa. Assim que tiver uma entrevista marcada, comece logo a preparar essa oportunidade de trabalho de forma organizada.