Como o meu negócio pode ajudar o seu?

11-05-2018

Para melhor entender como o meu negócio pode ajudar o seu, vou dar alguns exemplos práticos. De uma forma simples o meu negócio ajuda a crescer o seu! Ou seja, proponho-me a executar aquelas tarefas que não tem tempo para realiza ou que não sabe como executá-las.

  1. Para promover o seu produto ou serviço, ajuda na produção de conteúdo ou na revisão dos textos
  2. Se precisa de um serviço pós venda e pretende registar o grau de satisfação dos seus clientes poderei contactar por telefone, enviar um SMS ou um e-mail para recolher essa informação.
  3. Se procura um fornecedor ou a sua localização, um produto específico, um serviço ou mesmo um novo espaço de trabalho como um escritório ou loja em determinada zona, poderá confiar-me essa tarefa.

  4. Se o seu tipo de negócio não permite contratar uma secretária mas precisa de alguém que execute tarefas como publicar anúncios de emprego, triagem e seleção de currículos, cartas de agradecimento a clientes, fornecedores, colaboradores e candidatos, pode contar com os meus serviços de secretariado. Também estou disponível para os documentos mais extensos como apresentações digitais ou catálogos de produtos.

  5. Existem negócios que precisam de responder de forma personalizada a questões de clientes através de e-mail. O meu compromisso é o tratamento desse tipo correspondência com a leitura, resposta e arquivo. 

Cristina Pinto


Trabalhar a partir de casa é o desejo de muitas pessoas. Sonham não ter de enfrentar o trânsito, acordar mais tarde, ter tempo para outras tarefas, estar mais tempo junto dos filhos, alimentarem-se a horas com comida feita em casa e, sobretudo, não terem de cumprir um horário fixo.

Queria ser jornalista. Depois de terminar o curso, Filipa conseguiu alguns estágios em jornais e publicações locais. Trabalhava sem contrato e sem horário, mas com muitas promessas. Estava a começar a sua carreia e a esperança tornou-se a razão para apostar tudo em cada experiência que saía frustrada. O jornal fechou, a revista não lhe pagou o que...

Por mais livros que as pessoas leiam, por mais cursos que as pessoas frequentem, por mais gurus que as pessoas sigam, há sempre alguém com dificuldade em mudar de vida.