A Grande Mudança

17-07-2020

Por mais livros que as pessoas leiam, por mais cursos que as pessoas frequentem, por mais gurus que as pessoas sigam, há sempre alguém com dificuldade em mudar de vida.

Esperam que, um dia, a mudança se faça. Empenham todo o seu esforço e hipotecam a sua esperança num futuro qualquer. Um futuro que virá. Não sabem bem quando, mas ele virá. É essa esperança que alimenta o hipnotismo de uma mudança. E, quando a mudança não acontece, as pessoas frustram-se e deixam de acreditar nelas e nos outros.

Se estiver infeliz com o seu trabalho mude. Por favor, mude. Sim, procure outro trabalho, ou mude por dentro.

A grande mudança não se faz por fora, é por dentro, mesmo que mude de sítio. Mesmo que mude de país, de continente. Tem de mudar por dentro. Aprenda a ver o que tem, mas com uma visão transformadora.

Quantas vezes acordou e nada de muito significativo se alterou, mas o seu olhar mudou. Às vezes para pior e às vezes para melhor.

A insatisfação pode ser a força que falta para mudar. Não para reclamar. Se tiver insatisfeito, tem de mudar. Procure dentro de si o que precisa para mudar agora. Não dependa do acaso, da sorte, do destino, da mudança de estação, dos astros, dos outros. Se tiverem a seu favor, aproveite. Se assim não for, paciência e arrisque-se a mudar!

Já reparou que somos seres com grande capacidade de adaptação e ao mesmo tempo com resistência à mudança. Talvez seja este antagonismo que torna a mudança tão difícil porque apesar de a desejarmos muito, temos medo de mudar.

Até breve.

Cristina


Quando precisamos de escrever uma sigla ou um acrónimo, num texto ou num currículo, temos de seguir algumas regras. Se o PIB (Produto Interno Bruto) é um acrónimo, por que razão PME (Pequenas e Médias Empresas) é uma sigla?

Observe o seu currículo com atenção e descubra o que deve retirar antes de o enviar. Fique com um documento mais profissional e aumente as probabilidades de ser chamado para uma entrevista.

A vírgula serve para dar sentido ao que escrevemos e, desta forma, sermos bem compreendidos. Poderá indicar uma pausa breve e tem o poder de mudar o sentido de uma frase apenas se a trocar de lugar.